Voltar ao topo

Preservar publica artigo sobre pesquisas em sítios históricos

Conheça o artigo recém publicado pela Preservar sobre os diferentes tipos de sítios históricos escavados pela equipe da empresa em diferentes regiões do país.

 

Título: Os diferentes contextos de ocupação histórica e sua cultura material característica: tipologias de sítios arqueológicos históricos em diferentes partes do Brasil

Autores: FERNANDES, Tatiana; RAMOS JUNIOR, Manoel; VOLCOV, Jonas; HOFMANN, Katilene

Resumo: Este artigo tem como objetivo divulgar e discutir os diferentes tipos de sítios históricos que vem sendo escavados pela Preservar Arqueologia no âmbito da Arqueologia Preventiva. Estes demonstram a riqueza informacional e cultural da ocupação pós-colonial do Brasil nas diferentes regiões do País. O sítio Praça Forte São Luís, em Florianópolis – SC relaciona-se a construções militares associadas a transformações de urbanização, com deposições abrangendo o período do final do Século XVIII ao início do Século XX. O sítio Poções, no município homônimo – BA, caracteriza-se como uma unidade habitacional em área rural isolada de localidades, ocupada no final do século XIX e início do século XX por um curto período de tempo. O sítio Curral das Figueiras, em Santa Vitória do Palmar – RS, insere-se no contexto inicial de ocupação dos Campos Neutrais, entre a segunda metade do Séc. XIX e meados do Séc. XX. Os sítios Subaco da Nega, Garimpo Parafuso e Garimpo Rancho Teotônio referem-se a sítios de garimpo de cristal de quartzo, em Gentio do Ouro – BA, que de acordo com informações orais teriam iniciado as atividades nos locais entre o final do Séc. XIX e início do Séc. XX.

Link para download: